Moda Consciente

11/15/2022

Impactos Ambientais e Sociais

A indústria da moda na sociedade atual tem sido um dos principais pilares da degradação dos recursos naturais e dos humanos. Pois, com a economia em expansão ao redor do mundo sendo levada pelo consumo excessivo das pessoas, faz com que a indústria produza em maior intensidade mais do que se é consumido, gerando uma quantidade inadequada de resíduos e poluição, dado a lógica da moda descartável, além da falta de condições necessárias com a mão de obra barata. Segundo relatório da ONU, a indústria têxtil é responsável por 20% do total de desperdício de água globalmente, pois a quantidade necessária para a confecção de tecido é enorme, além dos resíduos das fibras utilizadas, como poliéster, corantes e algodão que em sua maioria têm o descarte incorreto, acarretando poluição de oceanos, solo e meio ambiente.

Tais poluentes e seus impactos ambientais não são os únicos vilões. Quando tratamos da problematização da indústria têxtil em larga escala devemos observar também a visão social, pois muitas empresas na busca por mão de obra barata para garantir o lucro quase total, acabam não garantindo aos trabalhadores um salário digno ou qualquer outro sistema de apoio durante sua força de trabalho, caracterizando exploração. A preocupação com os trabalhadores deve ir desde os funcionários das lavouras de algodão, aos que estão dentro das fábricas têxteis em contato direto com os poluentes. Ao se tratar de uma indústria que visa o lucro acima de tudo, com produções em larga escala e descarte incorreto, negligencia o meio ambiente como um todo, assim como as pessoas.

Fast Fashion vs Slow Fashion

Seguindo este tema, surge o conceito de Fast Fashion e Slow Fashion, o qual provavelmente já tenha ouvido falar, sendo que o entendimento de ambos é fundamental para um avanço mais sustentável da indústria da moda. Primeiramente surgiu o nome Fast Fashion como uma sátira ao conhecido “Fast Food”, referenciando à produção rápida, barata e em larga escala das roupas, apesar de tais vantagens, precisamos levar em consideração os grandes  impactos ambientais e sociais de tal produção, que já foram mencionados previamente. Como uma alternativa a fim de minimizar os danos causados pela indústria do fast fashion, surge então o Slow Fashion (moda lenta), tendo como principal característica a sustentabilidade aplicada no processo. O conceito está diretamente relacionado com o ciclo de vida dos produtos, tomando como exemplo a popularização dos brechós enquanto consumo consciente.

Modelo Circular

Graças ao aumento das discussões nas redes sociais acerca da moda Fast Fashion e suas consequências ao meio ambiente, mais pessoas têm aplicado a moda circular em suas vidas. Como foi citado anteriormente, o Slow Fashion possui uma grande relação à característica sustentável do produto e sua durabilidade. Desta maneira, a moda circular nasce. Nela, as peças de roupas são desenvolvidas com o pensamento de serem duráveis, de alta qualidade e feitas a partir de materiais sustentáveis e recicláveis, logo poderão ser transformadas em algo novo após seu descarte. Além da moda circular, é importante ressaltar a importância da compra de roupas em brechós e lojas de segunda mão. Infelizmente, as peças produzidas na atualidade não possuem um carácter sustentável, portanto desde sua produção até o descarte prejudicam o meio ambiente e demoram anos para se decompor. Então, a reutilização de roupas já produzidas é importante.

Consumo Consciente e Consumismo

Na sociedade capitalista atual, se vê cada vez mais encorpada a necessidade de consumo, a qual, se praticada ao exagero, pode ser facilmente convertida em consumismo. Na indústria da moda, nota-se um consumo desenfreado muito presente, que se dá principalmente pelo já citado curto ciclo de vida das peças de roupa. O consumismo está diretamente relacionado com os impactos socioambientais dessa indústria (que é a segunda mais poluidora do mundo), portanto, em contrapartida ao problema, surge a possibilidade de adotar o consumo consciente, que é aquele que leva em conta, ao escolher os produtos ou serviços: o meio ambiente a saúde humana e a animal, relações justas de trabalho, além de questões como preços e marcas. Sendo assim, enquanto consumidor, há uma grande importância em compreender os processos de produção e os impactos gerados por suas ações, sempre buscando um estilo de vida mais sustentável.

Você já ouviu falar na Feira do Desapego?

A feira do desapego ou feira de trocas é realizada quadrimestralmente nas dependências da Universidade Federal do ABC (UFABC), organizada pela Seiva Jr., com o intuito de incentivar o consumo cíclico de roupas e livros, fomentando questões de consumo responsável e práticas sustentáveis.

Recomendamos os seguintes textos, sites e mídias para saber mais.

  • Future of The Consumer Society - https://orgprints.org/id/eprint/16410/1/consumer6.pdf
  • Palestra: O Consumo Consciente não vai salvar o mundo | TEDx - https://youtu.be/lmjwPnkZWh0
  • Vídeo: "Fast Fashion" | DW Brasil - https://youtu.be/U-FZnFcKEHA
  • TRAMA Jr. - @tramajr - Empresa do curso de Têxtil e Moda da Escola de Artes Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP).
  • Lara Sandres - @larasandres - influencer e estudante de moda.
  • Joyce de Albuquerque - @ateliedajoca - aborda em seus perfis temas relacionados a consumo e moda consciente de forma prática.

Feito por:

Ana Clara Filippini

Natasha Paris Pinheiro

Karen Isabelle Vieira

Referências de conteúdo

https://www.umode.com.br/slow-fashion-e-fast-fashion-conheca-esses-dois-conceitos-e-suas-diferencas/

https://metodista.br/graduacao-presencial/engenharia-ambiental-e-sanitaria/voce-sabe-o-que-e-consumo-consciente

https://orgprints.org/id/eprint/16410/1/consumer6.pdf

https://ecommercenapratica.com/blog/moda-circular/amp/

Referências de imagens

ehttps://redacaonline.com.br/blog/wp-content/uploads/2022/06/41-deserto-atacama-abriga-lixao-roupas-produzidas-china1398jpg-1024x577-1.jpg

https://s2.glbimg.com/eLmRd-LB2Weyn6OqvUkgP_Qabms=/0x0:1377x700/924x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_7d5b9b5029304d27b7ef8a7f28b4d70f/internal_photos/bs/2021/G/T/L3ZhVMSO2xcOwBY7f52g/montanhaderoupa.jpg


Seiva Júnior Consultoria em Sustentabilidade

Moda SustentávelConsumoConsumismoMeio AmbienteSociedadeAtualidades

Seiva Júnior

Consultoria Júnior em Sustentabilidade